Comportamento do oxigênio em Marte espanta cientistas da Nasa

Houve um aumento de 30% no nível de oxigênio na atmosfera do planeta.

O Sample Analysis at Mars (SAM) é um instrumento a bordo do rover Curiosity que é responsável por analisar o ar do planeta vermelho. A maioria dos produtos químicos presentes se comportou de maneira previsível, aumentando e diminuindo em relação à quantidade de dióxido de carbono presente.

Entretanto, o oxigênio apresentou um comportamento fora do comum que deixou os cientistas da Nasa curiosos. De acordo com artigo publicado no Journal of Geophysical Research: Planets, o oxigênio de Marte aumentou inesperadamente em mais de 30% na primavera e no verão.

Para tentar explicar o fenômeno, os pesquisadores checaram diversas vezes as leituras do SAM e triplicaram sua precisão. Em seguida, eles chegaram a considerar que moléculas de CO2 ou água poderiam estar se separando para produzir oxigênio extra. Por fim, verificaram se a radiação solar poderia causar essa divisão.

Entretanto, eles não conseguiram encontrar uma explicação plausível para o fenômeno. "Estamos lutando para explicar isso", disse Melissa Trainer, cientista planetária do Centro de Voo Espacial Goddard da Nasa. "O fato de o comportamento do oxigênio ter mudado drasticamente, nos faz pensar que talvez não tenha a ver com a dinâmica atmosférica, mas sim com alguma fonte química", completa.

A explicação talvez esteja ligada ao metano presente na superfície do planeta. Por mais de 15 anos os cientistas tentam explicar a presença do gás. Recentemente, a evaporação foi atribuída a uma camada de gelo na superfície do planeta.

Embora eles ainda não tenham descoberto por que os níveis atmosféricos de metano atingem picos no verão, eles estão se perguntando se os fenômenos possuem alguma ligação.

"Estamos começando a ver essa correlação tentadora entre metano e oxigênio durante boa parte do ano em Marte", disse Sushil Atreya, professor de ciências climáticas e espaciais da Universidade de Michigan. "Eu acho que há algo nessa história. Eu apenas não tenho as respostas ainda. Ninguém tem."

 

Fonte: Olhar Digital - 19/11/2019

Últimas Publicações

© 2018 | Desenvolvido por: TBrWeb